Site de Poesias


É A CRIANÇA O FUTURO!

É A CRIANÇA O FUTURO!

É a criança o futuro, desta pobre e rica Nação!
Negar seria mergulhar no momento mais escuro,
Do seu povo, da sua gente, e, perder o direito com razão,
De ver a aurora raiar sobre seu presente obscuro.
 
Vivermos o presente com responsabilidade,
É obrigação do nosso cotidiano é o futuro planejar,
E antever prudentemente da criança a necessidade
De ser preparado para ser um cidadão e ver da aurora o raiar.
 
Não é dar a ração, o pasto e os cuidados de um bovino!
Não! É despertar nele seus instintos de um ser normal,
Transmitir-lhe, tradições, educação, princípios morais e divinos,
Direitos e deveres concernentes a um cidadão e não um curral
 
Ó criança que da humanidade é a esperança do que de bom haverá de vir!
Ó criança que vê o mundo um grande e barulhento carrossel!
Só te trazem à vida e nada mais, sequer pensam no teu viver, no teu porvir,
Negam-te como pessoa e como cidadão, te dão o sal e te negam o mel.
 
Estão surgindo paladinos em cruzada santa na defesa do amanhã.
Gente que ainda acredita na pessoa humana e valentemente persevera,
Na defesa da criança verdadeira e livre do chacal à sua sanha.
Que belo é o raiar do dia em manhã calma de suave e doce primavera!
 
Maravilhoso é ver no rosto sujo das traquinas a alegria estampada!
Como faz bem a quem vê o sorriso inocente de um moleque arteiro
Que traz no dedo do pé enrolado um pano vitima que foi de formidável topada,
É a sua medalha de vencedor, porque no estilingue, ele é certeiro!
 
 
 
 
 
 
 

Compartilhar

O futuro da minha é a próxima geração, mas, o que será de nós se a criança de hoje tem um presente atroz! Uma árvore para dar bons frutos depende do solo que a alimenta, dos cuidados que com ela temos. Nós somos os jardineiros responsáveis pelo bom desenvolvimento do que plantamos.Temos que livra-las das pragas, aduba-las e educa-las na forma certa de crescer para que quando se fizerem adultas produzam flores e frutos de boa qualidade.
Será que estamos nós aptos a tal responsabilidade? Ouvindo e vendo passar diante de mim os fatos da vida.

ubirajara
18/07/2009