Site de Poesias


MOTIVO DE NOSSAS BRIGAS

Por mais que eu diga que te amo,
Não me crês e sim nas intrigas.
Esta é a razão porque reclamo,
Este é o motivo de nossas brigas
 
Se juras resolvessem tudo,
Não estaríamos brigando.
O que acontece entre nós é absurdo,
O desentendimento esta nos sufocando.
 
Não sei mais o que fazer,
Para que acredites que sou sincero, e como!
Já fiz tudo para te fazer entender,
Que é verdadeiro o amor que proclamo
 
A dúvida que mortifica tua alma,
Que faz da tua vida uma agonia,
Atinge-me forte, tira-me a calma,
O teu destempero me atrofia!
 
Na calada da noite te ouço soluçar,
Mas dizer o quê! ?
A creres em mim, não te posso obrigar,
O que eu disser, será motivo de briga e brigar porquê?
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Compartilhar

Poucos sabem da força do ciume e do poder das linguas ferinas. São capazes de fazeram ruir os mais belos e fortes
castelos de felicidade. Este poder maligno aliado à insigurança do ciumento, transforma-se numa força avassaladora que a tudo destroi. Recordando ensinamentos que a vida já me deu.

ubirajara
25/03/2009