Site de Poesias


Túmulo Vazio...

Do vale das sombras eu fugi...
Matando o negro lado em que vivi
Sepulcro andante eu era
Esse que abandonei
Pois Floresceu!
Quando o Verbo Criador ali passou...
Alguem de Voz que Reina e Faz Viver!,
Legiões estremecer e fugir!
Trevas não suportam Sol!
Apoderou-se de mim a Vida!
Luz por entre um escuro imensso me atraíu...
Estava nu...
Cândido como quando nascido fôra meu ser
Era cru
Meu entendimento, mas de Dom eterno fui vestido
Com vestes de sangue e glória,
Luz, Rejúbilo e Vitória!!
Muitos há que me questionam, mas bem sei
De onde Venho,
Para onde Vou...
E quero que venhas comigo...

Compartilhar
Sérgio L. S. Fonseca
26/02/2009

  • 1 comentário
  • 139 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados