Site de Poesias


* Lua em verso e prosa *

* Lua em verso e prosa *

Sobre o mar a lua deitou sua lamúria

esparramou nas águas oceânicas sua fúria

cheia de si mesma

mingou até escurecer a própria face

tornou-se um quarto crescente

de gemidos e mágoas

envelheceu

até lembrar-se de que uma parte sua

ainda era nova

 

Lua cheia

lua minguante

lua crescente

lua nova

 

Lua que é meia

lua carente

canta suas dores

em verso e prosa

 

 

                              * Úrsula Avner *

 

* Poesia com registro de autoria na Biblioteca Nacional

* A imagem foi extraída da net- desconheço a autoria.

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

Caros amigos do site e visitantes, deixo aqui meu agradecimento pelo carinho de sua visita.

http://www.ursulaavner.co...
http://ursulaavner.blogsp... Em meu cantinho

Úrsula Avner
17/02/2009