Site de Poesias


* O sentimento do avesso *

* O sentimento do avesso *

Por te querer tanto

não mais te quero

Por me fazer pranto

não mais espero

Por te querer encanto

não mais me espanto

Meu sentimento é avesso

verso e reverso

acolhimento e arremeço

os dois lados da mesma moeda

amor e ódio no mesmo endereço

Te quero aqui

te quero distante

te recebo em meu leito

te vejo errante

Aconchegada ao teu peito

te desejo amante

não te quero livre e saltitante

te almejo preso ao meu regaço

te encontro no tempo de um abraço

Vá embora

Fique aqui

Não demora

Saia de mim

 

                                                * Úrsula de Almeida Vairo Maia *                   

 Direitos autorais registrados

* a imagem postada foi extraída de pesquisa feita no google

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

Caros amigos do site e visitantes, é com muita alegria e satisfação que recebo cada um de vocês em meu cantinho poético. Um grande abraço e obrigada pelo carinho de sua visita e comentário. Julho de 2008

Úrsula Avner
19/01/2009