Site de Poesias


CLÁSSICAS LETRAS

 
 
Sou Quixote de Cervantes
Vago pelas noites
Sou errante
 
Sou Raskolhnikov
Cria de Dostoievsky
Vivo da minha culpa
Crime por privilégio
 
Sou Fausto
Vendendo a alma
Bento sendo traído
Filosofias vãs
Num admirável mundo novo
 
Fui Ulisses...
Cavalo em Tróia
Fiz das guerras
Minha história
 
 
Viajei pelos Sertões
Vi Pais e filhos Miseráveis
Num Processo niilista
Reli uma Comédia...
Divina.

Compartilhar
ivan costa
19/01/2009

  • 0 comentários
  • 1127 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados