Site de Poesias


***DIA DA CONCIÊNCIA NEGRA*** 20 DE NOVEMBRO

                          

     Dados estatísticos do IBGE, os negros são menos de 10% da população brasileira.

     Inserir o negro no contexto nacional, não é uma questão de cotas racial, é um direito.

     A data escolhida 20 de Novembro foi pra coincidir com a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.

     Desde a década de 60, o dia é celebrado, embora só agora ficando mais ampliado e participativo.

     A data era comemorada no dia 13 de Maio, Dia da Abolição da Escravatura.

     Comemorar a data 13 de Maio tem sido rejeitado por enfatizar a generosidade da Princesa Isabel.

     O movimento negro o maior do país, organiza palestras e eventos educativos que visam principalmente ás crianças negras, procuram evitar o auto/preconceito perante a sociedade.

     Nada mais justo e merecido, eu me pergunto por que só um dia no ano?

     Será que o grande Zumbi não merece mais, sonhou ser livre o primeiro grito de liberdade no Brasil

     Cotas universitárias, inserção do negro no mercado de trabalho, não é favor é direito e dever do estado.

     Isso vem demonstrar claramente o quando o estado deve aos negros e seus descendentes, justiça social.

     Entidades no Brasil afora tentam proteger os negros tentando por todos meios que se façam cumprir as leis que nos protegem.

     Num país miscigenado, os chamados "pardos" que são os mestiços de negros com europeus ou índios é quase a metade a população.

     Consciência só não basta tem que haver oportunidade e igualdade de condições, não pode cobrar nada de alguém se não dermos condições de fazê-los

     Isso é um direito básico entre aos povos igualdade de condições, pois a vida é feita de oportunidades iguais entre os diferentes, pois todos são capazes.

     Abolição da escravatura na verdade tem que ser feita todos os dias, ainda falta muita pra sermos realmente iguais principalmente perante a lei.

     Não dar pra entender o porquê de um ser escravizar outro isso é uma aberração dos que dizem serem humanos.

     Espero um dia acordar e vermos que realmente somos todos iguais, será que meus bisnetos ou tataranetos vão ver isso?

     Garanto que esse é um sonho possível, basta apenas aos governantes serem mais ativos e participativos e os meus irmãozinhos negros irem à luta

     Resta aos homens de boa vontade acreditar a nossa constituição que nos dar esse direito, "todos são igual perante a lei", pena que essa lei ás vezes fica no papel.

     Agora nos resta dizer que se cumpra a lei, no Brasil tem disso umas leis pegam e outras não, principalmente aquela que favorece a maioria dos brasileiros.

 

José Aprígio da Silva, um negro/pardo nascido em Maceió/AL em Novembro de 1959. No mesmo estado onde Zumbi sonhou com uma nação livre. Só mesmo o homem é capaz de escravizar os seus semelhantes. Viva, e mais viva pro grande Zumbi o Guerreiro que há 313 anos sonhou ser livre e com direito puro de ser livre. Hoje ainda sonhamos o mesmo sonho do grande "Guerreiro Zumbi", voar o sonho da liberdade.

 

José Aprígio da Silva.

Águas Linda de Goiás/GO

Sexta-feira, 14/11/08 - 16h17.

 

Compartilhar

Águas Lindas de Goíás/GO, 15/11/08

José Aprígio da Silva
15/11/2008

  • 5 comentários
  • 3783 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados