Site de Poesias


Tenho saudades

Tenho saudades

Com o cessar da vida

Tudo o mais se refez.

Mais ainda na casa,

Sua sucessão de passos

Ficou marcada.

E teu singular espírito,

Ainda anda solto,

Como que preso

Ao porto da energia

Antes, vital, que exalava.

Não mais tu existes,

Além dessa magia

Energética, metafísica,

Que vai gerar tua aparição.

Repetindo o antigo ritual

De passos e hábitos

Marcados no lugar físico.

E no pensamento abstrato.

Atenta, ainda estou a buscar

O teu fantasma.

Compartilhar

Uma homenagem para alguém que partiu, da vida, mas meu amor continua vivo. Obrigada pela sua visita! Beijos! São Paulo, capital

Elisa Gasparini
04/11/2008