Site de Poesias


Extravasão

Desse Amor que vem do alto
Não descrevo nem o nome:
Na excelência do contato
É que a minha rima some;
É que a vida, em sobressalto,
Se define e se consome...
E o Amor, de imediato,
Menospreza a voz do homem,
E a si mesmo representa:
Cala minha pena rota
Co'a poesia que ele inventa!
Fala mais que o Universo!
(Quanto o mar é mais que a gota,
Voz de amor é mais que o verso...)

Compartilhar
Ederson Peka
26/02/2008