Site de Poesias


Confiança e Amor

Não podemos suportar mais
Quando se trata de coração 
Nos deixaram para trás,
É a maldita confiança
Que foi pouca demais
Até onde vai a paciência,
O amor ultrapassa todos os limites
Vai até onde provoca dor.

Quando tudo se mistura
Fica mais difícil separar
E muito menos a se frequentar,
Se sente no coração
E do coração se transfere
Como atitudes sem pensar.

O amor e a confiança
Caminham em um só propósito,
Andam de maõs dadas aternamente,
Se não compartilham esta dádiva,
Essas mãos certamente
Não se atarão.

Compartilhar

A confiança é um previlégio que poucos desfrutam, não tem amor que resista a desconfiança.

William Baptistella
19/08/2007