Site de Poesias

Menu

O ERRO

Deu tudo errado,

mas não teve culpa.

Tinha tudo planejado,

mas foi esquecido.

Tudo na vida é passageiro.

Trabalhamos pra ganhar dinheiro.

Pensando numa vida melhor.

Dedicamos com todo ardor.

Não se arrependa dos erros.

Tudo foi feito com esmeros.

Não deu certo ?Paciência.

Vamos corrigir com elegância.

Tem erros, imperdoáveis,

mas que devem ser esquecido.

Pois não existe nada perdido.

Quando tudo for corrigido.

Errar é humano.

Quando faz sem plano.

Errar de novo é ser incompetente

e deve corrigir novamente.

Não tenha medo de errar.

Porque precisamos tentar.

O nosso objetivo é acertar.

Mas si não der certo, vamos retratar.

Ninguém deve ser condenado.

Por erros efetuados.

Todos os erros devem ser perduados.

Se não houve má fé ao ser praticado.

Compartilhar
José Luiz de Almeida (Zé Gaiola)
25/07/2018

  • 0 comentários
  • 29 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados