Site de Poesias

Menu

Vida cor-de-rosa

[Ilustração não carregada]

Abre-se o cenário.
Real ou imaginário?
Tons de rosa ondulam,
modulam uma passarela.
Tal visão arrebata-me o chão.
Alço voo, sem macular o imaculável,
o tapete mágico a revelar
não só a vida cor-de-rosa,
como o tema de mais uma ilusão.
Aterriso e me arrisco a acordar.
Pé ante pé perpasso tanta beleza
e me despojo do cansaço.
O perfume rosa me refaz.
Danço. Espatifo flores.
O vento nos faz girar.
Sinto-me parte dessa arte.
Sou dança.Emoção que arde.
Ninguém é capaz de esboçar.
Não há dom que retrate esse tom.
Turva-me a mente. Novamente, o vento.
Carrega esse momento
e cada esperança se lança ao chão.


Carmen Lúcia

Compartilhar
Carmen Lúcia
17/06/2018