Site de Poesias

Menu

Uma nova foto

O que tenho a dizer nesse relato
Não é vago, mas é o simples exato
Vendo a perfeição no modo puro e abstrato

De quão longe chega a simplicidade
Persiste ainda no olhar cativante
Onde chega trás consigo a claridade
Como um anjo de modo relevante
Um ser lindo de pura beldade
Com um toque de cumplicidade
Ainda consegue ser radiante.

Apesar de toda essa maravilha
O que um simples mortal a diria
Como se caísse em uma armadilha
De longe apenas no limite seria
De um esforçado e simples bom dia

Como tinha dito nesse breve relato
Não é vago, mas é o simples exato
Vendo a perfeição no modo puro e abstrato

Tudo se renova no seu mais novo
Retrato

Compartilhar
Augusto Grovermann
12/06/2018