Site de Poesias

Menu

Casa vazia

Olho as paredes que levam um brilho singular

Gritando a sua falta....

Cada canto fala por si....

Tudo está em seu lugar...

Numa perfeita ordem

De quem de mim cobraste 

Tanta perfeição...

Agora vazia.....

Essa ausência amarga 

Que me incomoda

Um nó na garganta

Me estrangula a fala

Ninguém responderá mais 

A sua chamada.....

De que me serve esse silêncio??

Se não há mais a sua presença....

Ocupando todos cantos dessa casa?

Já não há mais o eco de sua voz.!

Agora em descanso num distanciamento

Que só o tempo faz passar a infinita dimensão

Onde você se encontra agora ???

Compartilhar
Célia Guímaro
01/06/2018