Site de Poesias

Menu

Vamos para Floripa

Vamos para Floripa,

Lá tem sol toda vida,

Lá tem praia linda,

Lá tem mina bonita,

Lá tem tecnologia,

Lá tem fina gastronomia,

Lá tem marca de fita

Nas curvas das gurias.

E as pessoas de Floripa

Não falam nem gritam;

Elas cantam em cifras,

De tão doce a melodia

Que chega aos ouvidos,

Que a pele arrepia

E alvoroça o espírito,

Que a gente se extasia 

Com o som do alarido,

Feito notas de sinfonia.

Da vontade de virar nativo, 

Da vontade de deitar no colo,

Da vontade de se jogar no oceano, 

De nunca mais acordar do sonho,

De se perder na aquarela

Dos olhos verdes e azuis e turquesas

Daquelas alvas princesas,

Que têm tantas belezas 

E se comunicam feito sereias,

Cantorias nas suas vozes de altezas.

Vamos para Floripa,

Lá não há divisa,

Nem de laço precisa 

Para gozar do paraíso.

Vamos para Floripa,

Lá o azul do céu é refletido

Nos olhos das nativas,

Lá o verde do mar é estendido

Nos olhos das suas divas

E não há linha divisória 

Entre a beleza e a lida.

Vamos para Floripa 

Para Floripa vamos embora.

Há nas relações tanta gentileza

Da vida vivida em Floripa,

Que a vida é uma dádiva.

Viver em Floripa é uma riqueza.

Compartilhar
Cid Rodrigues Rubelita
05/05/2018