Site de Poesias

Menu

Essências

[Ilustração não carregada]

Estão sempre ao meu lado
seja de que lado for,
sopram meu pranto calado,
compram minha dor.
Partilham a alegria,
exultam o amor.
Levam meu sorriso brando
 a irromper em gargalhada
brotando um mar de lágrimas,
doces gotas bem dosadas.
Movem-se (e me removem)
pra lá e pra cá,
num jeito leve de se levar.
Amenizam caminhos.
São portos, são ninhos
pra quem chegar, se abrigar.
Quero-os sempre comigo.
São anjos!
São poucos, são tantos!
Tesouros de imensa valia,
simples riqueza singular.
Chamam-nos essências,
ou também  amigos!


Carmen Lúcia

Compartilhar
Carmen Lúcia
17/03/2018