Site de Poesias

Menu

MINHA VIDA

Meu anjo, quanta ingratidão comigo!
Vivo perguntando, porque o castigo.
Tanto te amei, e em toda minha vida.
Queres partir, pondo- me esquecida.

O teu coração de anjo, me traindo.
Simplesmente, fechando e partindo.
Eu inconsolável, entardeço tristonha.
Sou ainda aquela, que contigo sonha.

Tua praticidade encontra a solução.
Facilmente saindo, de meu coração.
Porém, tu só me ensinaste, na vida.
Aceitar a chegada, rejeitar a partida.

Então, meu amor, meu anjo querido.
O meu coração, batendo ressentido.
Esqueça simplesmente, uma partida.
Aqui ao meu lado, devolva-me,a vida

Compartilhar
izildinha renzo
18/02/2018

  • 0 comentários
  • 25 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados