Site de Poesias

Menu

Naturalmente,

Naturalmente,
 
 
Naturalmente, sonhando acordado
Controlando desejo e emoção
Verdade ou mentira, que importa então,
Se este meu sonho vir concretizado.
 
Luz candente que ilumina o coração
Velejando além do horizonte
Em alto mar, sereno qual uma fonte
À luz tênue do luar, tua afeição...
 
É o romantismo a se revelar
Fenômeno buscando a essência do amor
Buscando nas rimas naturalmente
 
A expressão *poliantéia a navegar
Nas ideias deste bardo sem valor
Que sonha acordado, certamente !
                               *miscelânia
 
São Paulo, 12/12/2017 (data da criação) 
Armando A. C. Garcia 

Visite meus blogs: 
http://brisadapoesia.blogspot.com 
http://preludiodesonetos.blogspot.com 
http://criancaspoesias.blogspot.com
 
 

 
Direitos autorais registrados 
Mantenha a autoria do poema

Compartilhar
ARMANDO A. C. GARCIA
11/01/2018

  • 0 comentários
  • 53 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados