Site de Poesias

Menu

A fronte inclino

A fronte inclino
 
 
 
Ante Vossa Majestade a fronte inclino
E rendo graças a teus pés, Rei da Glória
A Ti devo honrar, meu Rei Celestino
E arquivar teus ensinamentos na memória
 
A Ti, ó Pai, Rei do amor e da alegria,
O Deus da natureza e da brandura
Afasta de nós a angústia e agonia,
E deposita amor em toda a criatura.
 
São Paulo, 07/12/2017 (data da criação) 
Armando A. C. Garcia 

Visite meus blogs: 
http://brisadapoesia.blogspot.com 
http://preludiodesonetos.blogspot.com 
http://criancaspoesias.blogspot.com
 
 

 
Direitos autorais registrados 
Mantenha a autoria do poema
 

Compartilhar
ARMANDO A. C. GARCIA
10/01/2018

  • 0 comentários
  • 42 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados