Site de Poesias

Menu

SÓ MULHERES SANGRAM

SÓ MULHERES SANGRAM

Criatura diferenciada que já nasce iluminada
Pura sensibilidade à procura da sua verdade
Eterna apaixonada como se fosse encantada
Origem da humanidade, gerada pela vontade

Deusa da fertilidade, movida pela gracilidade
Sempre desejada, que não aceita ser usada
Em contínua atividade, mantém regularidade
Segura na caminhada de uma vida dedicada

Mulher determinada mesmo quando cansada
Chora na necessidade guardando a dignidade
Ao seu macho apegada é parceira na estrada
Com filhos, docilidade, se preciso, autoridade

Aparente fragilidade, se supera em tenacidade
Sangra para ser lembrada, seu útero é morada
No milagre da maternidade a grande finalidade
O mistério da jornada só se revela na chegada

Marco Antônio Abreu Florentino

https://youtu.be/i83B3GD6wI4
(Only Women Bleed - Alice Cooper)

Compartilhar
Marco Antônio Abreu Florentino
16/10/2017

  • 0 comentários
  • 45 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados