Site de Poesias

Menu

APENAS DORMINDO


ESTAMOS DORMINDO?

O tempo não parou e quase tudo mudou


A criança nasceu, foi pra vida e renasceu


A infância passou e como adulto pensou


O amor aconteceu e depois desapareceu

O dia amanheceu, logo o sol se ofereceu


A esperança surgiu, a felicidade emergiu


O céu escureceu, mas a lua já apareceu


A tristeza partiu e o negativo se destruiu

O mundo quer paz, mas a guerra é tenaz


O amor voltou mas na alma não penetrou


O egoísmo é voraz e na sanha se satisfaz


O homem se transformou e não acreditou

O poder é mordaz e deixa o homem audaz


O sonho lindo de ver todos se construindo


O existente sagaz torna este sonho capaz


Alguém acorde... estamos todos dormindo?

Marco Antônio Abreu Florentino

Poema que reflete preocupação com a mais recente guerra fria causada pelas provocações da Coreia do Norte, liderada por um governante delirante e desequilibrado, em que seu principal opositor, o presidente dos Estados Unidos da América, é outro inconsequente. O poder desses dois países pode gerar uma guerra nuclear mundial sem precedentes e absolutamente destruidora para os seres humanos e a vida na Terra.

https://youtu.be/38wIuDAq2yg

https://youtu.be/38wIuDAq2yg
(Estou Apenas Dormindo - The Beatles)

 

Compartilhar
Marco Antônio Abreu Florentino
03/09/2017