Site de Poesias

Menu

Quem sou eu...

Eu sou um universo infindável de sonhos e mistérios,
Uma interminável incógnita,
Tentar me decifrar é meramente impossível,
Tenho choro fácil e sorriso farto,
Sou protetora e por vezes protegida,
Amada e amante,
Submissa e independente,
Feliz e triste,
Otimista e pessimista,
Forte e fraca,
Insisto e depois abandono,
Amo e odeio,
Desejo e desprezo,
Sou noite e dia,
Sol e chuva,
Minha vida é um livro aberto, cheio de entre linhas que nem eu entendo
Amo tão intensamente e esqueço com a mesma intensidade
Sou sincera...
Posso ser tudo que quero e o que não quero também, não que isso seja um dom ou virtude, mas as vezes é necessário
Sou amiga e leal, protejo os que amo
Sou justa e verdadeira,
Já fui muito ferida e aprendi a ferir também
Com o tempo você aprende a se virar
Hoje, sou muito reciproca
O que você me der com certeza recebera de volta, na mesma intensidade, seja bom ou ruim... ou melhor, se for bom eu devolvo , caso contrário, eu esqueço, cada um dá o que tem.
Posso ser tudo o que eu quiser porque durante muito tempo fui tudo o que os outro queriam que eu fosse.
Hoje me dou o direito de amar, odiar, desejar e ser desejada, esquecer e relembrar, sorrir e chorar todas as vezes que tiver vontade porque a vida é só uma e não tem replay, nunca desista de você e dos seus sonhos, só você pode vivê-los.
Seja o que for, mas seja você...
Por você e para sua felicidade!

Compartilhar
MEIRE BARROS
12/08/2017