Site de Poesias

Menu

E se não for?

Se não for nada disso
Nao quero
Se for pela metade 
Fique longe de mim

Essas histórias
Costumam não ter final feliz
Não vou assumir esse risco
Covardia? Talvez...
Esse olhar de canto
Não vai mudar minha opinião
Percebe quantas vezes digo não
Eu não me permito dizer sim
Existe algum bloqueio em mim
Ainda uso algo pra encher esse vazio
Dificil continuar sozinho
Ao menos não incomodo ninguém 
Tomo uma dose de felicidade ao dia
Se sou artificial? Pode ser
Por enquanto só sei agir assim
Espero evoluir com o tempo
E estar satisfeito comigo apenas
Egoísmo? Não
Medo

Compartilhar
Guilherme Olechuka
04/07/2017

  • 0 comentários
  • 45 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados