Site de Poesias

Menu

Bolha Humana

Bolha Humana
 
                 
 
 
Seres que vagam sem direção, sem objetivo, sem esperança,  de construir um horizonte brilhante, vivem embriagados, nas drogas nas mais diversas espécies que existem.
                Estes se unem uma só massa, massa falida, excluída da sociedade, e se tornam uma ameaça. As grandes massas sociais, racionais, da elite, dos corretos, em seus caminhar, estes que nunca dedicam um minuto de seu precioso tempo para doar um gesto de amor de carinho a quem esta morrendo sozinhos.
               Estes caíram na tentação deste vicio devassador, que detona o corpo, a moral, a alma, e exclui de uma vida social e familiar.
               Crack veneno da fantasia momentânea, instantânea, que cria ilusão de um mundo colorido, que da asa a imaginação em quanto destrói o seu coração.
 
 
 
Autor.
João Marques M
Itumbiara- GO

21-06-2017

Compartilhar
João Marques JM
22/06/2017

  • 1 comentário
  • 26 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados