Site de Poesias

Menu

LIBERTAÇÃO

 
Assim que a primavera brotar
Serei teu eterno companheiro,
Quero ver no verão o sol brilhar
E bronzear teu amor por inteiro.
 
Chega! Abraço a chuva de inverno
E me molho neste aguaceiro tesão,
É teu corpo, teu amor que eu quero
Para fazer bem feliz meu coração...
 
Dá-me teu carinho, dou-te ternura,
O amor que em mim se faz é paixão,
Vem e me alimenta com tua loucura
E para ti tocarei valsas em meu violão.
 
Vê... as estrelas estão sorrindo a sós
E eu e tu, tu e eu somos um segredo,
Somos almas ardentes duma só voz,
Catadores de vida e de belos enredos.
 
Dá-me a mão! Invadamos o espaço,
Já não existe mais em nós essa solidão...
O infinito nos acolhe com seu regaço
E eu e tu, tu e eu... Somos libertação!
 
 
DE  Ivan de Oliveira Melo
 
 

 
 

Compartilhar
Ivan de Oliveira Melo
26/04/2017

  • 0 comentários
  • 12 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados