Site de Poesias


EI! ESPERANÇA.

Ei! Esperança.
Sorria pra mim.
Não me deixe
a margem da vida
esperando triste
o amargo fim.

Ei! Esperança.
Páre por favor
a este pobre
aflito que
não faz outra coisa
a não ser chorar de dor.

Ei! Esperança.
Só um minuto
de seu precioso
tempinho
para este que
só deseja, enfim
um pouco do seu
carinho.

Ei! Esperança.


Fim

Compartilhar

Esperança. Que bom que ela existe. e nos dá atenção!

Obrigado Esperança. Aqui na terra do Mineiros - Outono de2006

WILLIAM VICENTE BORGES
23/04/2006