Site de Poesias

Menu

Ano Novo


Ano Novo
“Chega de velhas desculpas e velhas atitudes! Que o ano novo traga vida nova, como o rio que sai lavando e levando tudo por onde passa.” Clarice Lispector.
 
E vou pular as sete ondas na praia,
E vou, sim, guardar uma folha de louro
Na carteira... E três pulos sem que caia
U’a gota de champagne da taça d’ouro...
 
Ainda seja ouro falso a taça vã:
Copo de plástico amarelo!... Irei
Comer as sete partes duma romã
E ao louro as sementes juntarei!
 
E vou, sim, vestir branco com amarelo
São, sim, meus desejos de paz e dinheiro,
Talvez também azul, pois, saúde é o elo!
 
Ano Novo Chinês ainda vem... O Belo
Rosh Hashaná ainda soa... Um verdadeiro
Momento feliz a todos é o que velo!

Compartilhar
Jayro Luna
31/12/2016