Site de Poesias

Menu

Amora ao vinho

No frágil momento de um olhar

 Tudo em ti me é tão belo

E a vontade de me entregar....

Na luxúria invejável do infinito

O inevitável de seu olhar em brasa..

Fui em ti a maior proeza no apertado Abraço

que me envolve....

A solidão das rosas e flores já secas

Inalam

o perfume da amora ao vinho...

É a realidade da natureza..

Que sussurra a aurora predileta

Em noite alta...num instante que vem 

Da pura alma ...Um único beijo com 

Sabor de amora e vinho ..

É o desejo dos deuses que me assusta!!

Célia Guimaro

Compartilhar
Célia Guímaro
12/12/2016

  • 0 comentários
  • 49 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados