Site de Poesias

Menu

Deus é bom o tempo todo

Há tempos que o brilho de teus olhos ávidos,
Infinitamente me fala de tua beleza interior.
Há tempos que o teu sorriso largo
Deixa escapar de teu semblante um universo de amor.
 
Mas, acuado na distância de uma timidez intensa,
Sempre me via aquém de teu convívio.
E, embevecido com a afabilidade de tua essência, 
Culpava-me a mim por ser tão tímido.
 
Mas, como Deus é bom o tempo todo,
No seu tempo, Ele afastou de mim a insegurança,
E encheu de espírito o meu corpo,
E num singelo aceno, paramentou-me de esperança.
 
Agora que do desconhecido cindiu-se o limiar,
Agora que te sinto mais perto de mim,
Tenho estado feito rio indo para o mar,
caudaloso e transbordante d'uma felicidade sem fim.

Compartilhar
Cid Rodrigues Rubelita
03/07/2016