Site de Poesias

Menu

ENCARNADO

ENCARNO O VERMELHO
VERMELHO ENCARNADO
VERMELHO MORDIDO
VERMELHO FERIDO
VERMELHO SANGUE
SANGUE NOS TANQUES
VERMELHO PATERNO
VERMELHO MATERNO
VERMELHO SOVIÉTICO
VERMELHO IDEOLÓGICO
VERMELHO POÉTICO
VERMELHO PATOLÓGICO
VERMELHO PLATÔNICO
- QUIÇÁ ANTIÉTICO -
VERMELHO FEBRIL
VERMELHO CORADO,
QUIÇÁ ENVERGONHADO,
PORÉM VERMELHO,
VERMELHO SUADO
VERMELHO FAMINTO
VERMELHO FRUSTRADO
VERMELHO LÁBIO
VERMELHO ARDENTE
VERMELHO:
A COR QUE FERVE EM MINHAS VEIAS.

Compartilhar
Praciano
17/04/2016

  • 1 comentário
  • 62 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados