Site de Poesias

Menu

Do nosso jeito

Seus olhos,
Seu cheiro,
Cabelos,
Penso:
- Como descrevê-los?

Ao me perder
Em seu corpo,
No silêncio do teu prazer,
Me fogem as palavras:
- Meu refúgio e alívio
Do desejo de te ter;

Me revela suas águas
O caminho em que navego,
Doces águas cristalinas
Deste rio de calmaria,
Águas claras
De vida e alegria,
De mistérios e viver,
Por onde desliza minha canoa
E encontro meu próprio ser;

Nas mãos leves e pequenas
Desta adorável mulher,
Nas mãos hábeis do poeta,
Na voz cuidadosa do cantor,
Na música, na nota do silêncio,
Nos olhos fechados,
No abraço apertado,
Na canção que foi escrita
Para cada momento,
Em suas pernas,
Em teus lábios,
Em teus seios,
Amo-te cada vez mais,
Do seu,
Do meu,
Do nosso
Jeito.

 

Compartilhar
Ricardo Lemos
23/02/2016

  • 1 comentário
  • 66 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados