Site de Poesias

Menu

A leveza da Mente

No luar da brisa mansa 

Vejo coração  em flores 

Vou despi-lo em pétalas  dentro de mim 

Numa magia que foge entre os dedos 

Fisgado pelo luar das brisas despojadas  de orgulho

voando pelas nuvens ,no cultivo de sua mente em rimas .......

Vento leve sopra sobre minha vida .......

Desfia os sonhos e paisagens vivas .......

Que perdem-se no ar de nossa vaidade 

com o encanto da brisa inocente ........

Curvada pelo universo de prazer 

A leveza da mente que foge ao luar.....

Vem roçar de leve meus lábios 

Sedento de paixão ,com toda essência  do nosso amor !

anulei-me aos seus encantos torturantes .......

Sobrevivi pela vaidade  de viver .....e o orgulho de vencer  

sem ti.....Quantas primaveras já vividas.....quantas.......

Célia Guímaro 

Compartilhar
Célia Guímaro
06/01/2016

  • 1 comentário
  • 54 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados