Site de Poesias

Menu

Como aprendi sobre o amor

a paixão 

a amizade 

o carinho 

a razão, 

uma dimensão

 

foi assim que aprendi

quem eu amava perdi 

ou aprendi?

a nao perder por você

 

por sofrer

por sentir amor verdadeiro

carente talvez

suas mãos 

seu beijo 

 

rabisco

sua face 

a face com a minha 

 

rasgo o papel

meu casulo 

pras coisas desses mundo cruel

meu céu 

embriagado pelo seu mel

doce como seu beijo

 

 

seus carinhos 

minha falta de maldade

meu mole coração 

nossa canção

 

tantas cnções apaixonadas ouvimos

a forma pela qual eu surgi na sua vida

outra vida nao queria 

 

mil coisas que fizemos juntos 

mil palavras escritas 

nao daria uma porcetagem 

do quanto conversamos 

 

sonhamos 

fizemos sonhos concretizarem 

falamos do mundo

das pessoas que nao param como a gente 

pra viver

 

eu, 

você

 

nosso sos

da verdade

a sós

e o mundo em nossa volta 

 

sem frente 

nem verso

sentia -me no centro do unverso

criando frases e versos 

poeisias , 

 

que um tal de shekspeare incentou 

do amor

 

em estrofes improvisadas

nossa estrada da vida 

a quebra de um tabu

horizonte 

ceu azul

 

matiz estonteante

qualquer cor 

nasceria do amor 

de dois infantes amantes 

 

namorados apaixonados 

como foi bom te conhecer

ate poder dizer

amo você

pode cre amo você..,

Compartilhar
JÂNIO MOREIRA
05/10/2015

  • 2 comentários
  • 48 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados
  • Tags: