Site de Poesias

Menu

" As coisas "

 

Entre as coisas que são minhas,

Tuas são, coisas passadas,

coisas que seguem em vão,

Vai, vem, por mim não passam.

 

Entre mim estão as coisas

que não atinjo possuir,

abstratas, inexistentes

Tempo que insiste existir.

 

Entre mim estão as coisas

Plenas e entre passadas,

Pretéritas,entre presente...

Entre abertas,entre fechadas

Entre faixadas...

 

 

Alheias,avulsas,existentes.

Entre céu e o mar,

minstérios... iminentes

minhas, e passadas...

São tuas e presentes,

 

Porque minhas são as coisas

entre as que são da gente...

Compartilhar
Gil Miranda
13/09/2015

  • 0 comentários
  • 44 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados