Site de Poesias

Menu

“Quero você hoje e não amanhã”

Quero você hoje e não amanhã
Pra te fazer qualquer coisa que te faça sorrir
Pra te dizer bem vinda sem adeus
Sem partir ou me repartir
Pra te ameaçar morrer ou matar (De Amor)
E colar minha alma na tua
Toda noite e ainda de manhã
 
Quero você hoje e não amanhã
Pra sentir o arrepio da tua pele
E ser eu o levantar de cada pêlo teu
Pra me fazer teu sorriso bobo
Enquanto minha boca desliza o teu dorso
Pra tirar teu cabelo do rosto
E me refletir no teu olho
Pra te beijar a boca molhada, sem passado
Sem lembrar de nada
Toda noite e ainda de manhã
 
 
Quero você hoje e não amanhã
Pra perder o Norte
Esquecer dos meus caminhos
Pra me entregar ao destino
Que meu deu você, por pura sorte
Pra te fazer a cura dos meus cortes
Pra me fazer te fazer feliz
E me fazer assim do jeito que você quis
Toda noite e ainda de manhã
 
 
Quero você hoje e não amanhã
Pra pensar em nós dois
E de qualquer besteira fazer canção
Pra sentir os pés nas nuvens e a cabeça no chão
Pra ouvir o rangido dos ponteiros do tempo parando
Enquanto ainda estamos
Pra te contar meu dia e meus dias ao teu lado
Até que eu perca a noção
Toda noite e ainda de manhã
 
 
Quero você hoje e não amanhã
Pra te fazer verdade toda mentira que te disseram
Pra te fazer mentira todas as verdades que te feriram
Pra fazer da nossa história uma verdade difícil de acreditar
E como quis Leoni, te fazer saber que tudo será relativo
Quando apenas te fazer feliz, me fará feliz
Toda noite e ainda de manhã.
 
 
 
Autor: André Xavier
 
 

Compartilhar
André Xavier
26/07/2015