Site de Poesias

Menu

LILITH

E se eu te disser
Que te amava muito antes?
Antes de o tempo se mover,
Antes da vaga
E da monção,
Antes que a boca
Pronunciasse a palavra
Coração?
 
Antes de as montanhas
Ambicionarem os céus,
Dos gênios, do diabo e de Deus,
Em antecipação, eu já te amava,
Abrasada em agonia,
Em carne viva,
Comoção de espera,
Efervescente expectativa...
 
Pois o amor que viria
Seria indomável tremor de terra,
Fúria da natureza primitiva,
Vingança bruta e cega,
De Titãs desacorrentados.
 
Esperei com resignação passional
Meu corpo se erguer em espasmos, tremer...
Neste deserto de sons, esperei que tu,
Tornado homem de uma lágrima de sal,
De teu salgado leite, me fizesses mulher.
 

 
 
 
 
 
 

Compartilhar
Lucilla Guedes
27/06/2015

  • 4 comentários
  • 112 visualizações neste mês
  • © Todos os direitos reservados