Site de Poesias

Menu

Melhor doendo que morrendo

Coração,
Que quando ama
É vivo, é colorido
Mas quando ferido
Que decepção!
Fica abatido
Perde o sentido
Não sabe pr’onde ir
Nem mais ouvir
Nem por quem chama
E sua batida?
Minúscula
Ridícula
Quase não pode ser ouvida
Ó vida!

Compartilhar
André Neves Andrade
23/05/2015