Site de Poesias

Menu

Ele mudou

O coração mudou

Buscou outro canto

E para bem longe foi

E para bem perto se alojou 

Apaixonado estava

Até o fim encontrar

O coração mudou

Ele já não pula e nem bate

Ele só rebate a quem se encontra frente à ele

Ele só repete a ação que aprendeu

Ele esfriou, cicatrizou e ficou duro

Apodreceu e morreu

E logo de sua dor, de seu ardor e desamor ele cresceu

E de novo viverá 

Para logo outro adeus despejar. 

 

Compartilhar
Alexandre Soares
03/04/2015