Site de Poesias

Menu

ANA LUÍZA

Abrem-se as cortinas da vida, vamos viver, vamos sorrir.
Quantos netos ainda cabem em meu coração?
Mais uma netinha querida, chegando pra florir
Um, dois, três ou mais, uma já tenho, outras virão,
 

Vem trazendo segredos, sonhos, alegria, paz.
Chegará ANA LUIZA, Quando Setembro vier.
Mudará gente, e o destino sabe o que faz.
Minha Estrela cadente, mais uma linda mulher.
 

Minha estrelinha, rainha do  Sul,
Minhas netas são chuvas de flores,
Quero você com olhos de cor preta ou azul
Como amiga de Lis, serão meus amores.
 
Mais uma borboleta que chega, amores
Pousando mansinho no meu jardim.
Seus sorrisos curam minhas dores,
Trazendo-me esperanças sem fim...
 
Lis já chegou, ANA LUIZA  já vem
Eu aqui feliz, só quero dizer,
Que "netas e netos são filhos também"...
Cada neta que chega, aprendo a viver.
 
Ana Luiza!  Você! “prá” mim é  renovação
Vovô quer te ver crescer, CRESCER...
Mas, quantos netos e netas, mais...
Cabem em meu coração?
Oscar Barros //Agosto/2014

Compartilhar

BRAS

OSCAR BARROS
24/10/2014