Site de Poesias

Menu

LUA

[Ilustração não carregada]

 LUA
À noite,
da varanda te espero
logo eu te vejo,
Infinitamente distante,
silenciosa e nua,
do alto você flutua
quando me vê.
Sonho sem palavras.
 
Madalena
Abril / 2014.

Compartilhar
Madalena
02/07/2014