Site de Poesias

Menu

AMOROSO

Sempre são assim tão poucas
As palavras ditas pela tua boca
Mas vejo bem o que vem exposto
Nas expressões lindas do teu rosto
 
O teu olhar é coisa tão doce
Como se mel de abelha fosse
Não há perdão, ah olhos tristes
Se ao meu olhar cruzar resistes
 
Hei de lembrar-te sempre sorrindo
E além do mais saiba que vou indo
Pra te deixar bem mais cheirosa
Colher-te uma linda rosa
 
Até a tua cruel careta
É a mais bonita do planeta
Não adianta nenhum disfarce
A tua beleza não vai acabar-se
 
Mas és, porém, mais linda quando
Vejo este teu rostinho brando
Com o gesto humilde de mão com mão
Dizer baixinho uma oração

 
 

Compartilhar

Visitem-me também em:

www.sergionespoli.recantodasletras.com.br

Grato!!!

sergio néspoli
26/06/2014