Site de Poesias

Menu

Em Destaque - Outubro de 2008

  • Oração ao amor

    Quarta, 22 de Outubro de 2008

    Caros fiéis (poetas) passem na igreja da Deusaii, e reze a Oração do Amor, mas, vá com fé, muita fé, nos dias de hoje precisamos disso, muito amor... Não deixe de registrar suas impressões... Parabéns a ela por tão belo texto, e nós somos privilegiados. Amém...

    E as estrelas iluminem sempre o nosso caminho,
    Para que possamos viver em complemento,
    E em pura união.
    Para que até ao fim dos nossos dias,
    Sejamos sempre felizes.
    Destacada por Edson Satler
  • Solidão desejada...

    Domingo, 19 de Outubro de 2008

    Pela profundidade das palavras percebe-se que Charlyane é uma artista das palavras, encanta com as escritas e convence pela sinceridade que conecta as letras, poetisas assim devem ser lembradas.

    Nos versos inacabados,
    a necessidade do silêncio.
    Nas rimas imprecisas,
    a vontade de não sei o quê.
    Destacada por "Adilson Costa"
  • Uma Mulher de Verdade

    Sábado, 18 de Outubro de 2008

    Ela não deve saber, mas leio sua palavras e me inspiro, são palavras de sinceridade, de uma mulher verdadeira que sabe o que quer e quando quer,

    parabéns Carolina,
    sua poesia é divina
    como as cores da violeta
    e ela flui cristalina
    e seus cabelos de menina
    voam como Borboleta.

    Ela cozinha, fala com os animais e molha suas plantas.
    Põe a mão de seu amado entre as suas
    E mostra a ele suas curvas e ancas
    Destacada por "Adilson Costa"
  • Os milagres do bardo

    Quarta, 08 de Outubro de 2008

    ABEL PURO
    Um exímio poeta que cria em versos e prosas,poesias que invadem nossos sentidos e acorda ledos sentimentos, nessa habilidade singular nos presenteia com verdadeira arte litérária de trovas ,de acentuado valor , tocante e poético, recomendo essa primorosa poesia,deste escritor que traduz em versos,as emoções da vida.
    Francisco Abel Mendes d`Almeida

    ÀS ESCURAS, MEU NORTE RUIU
    E, DE NOVO, A PAIXÃO ME TRAÇOU.
    FUI A FORÇA DA SOFREGUIDÃO,
    A FRAQUEZA QUE DEUS ESCULPIU.
    Destacada por LEO A.