Site de Poesias


Em Destaque - Agosto de 2005

  • Procuro

    Sábado, 20 de Agosto de 2005

    Onde você procuraria consolo diante do adeus que dilacera
    se, quando um amor se desfaz, o próprio tempo reclama o retorno da paz?
    Talvez em seu próprio coração, como Andreia Cristina Guadagnin...

    Procuro...
    Consolo no coração
    Que timidamente chora
    Em gotas frias lacerantes
    Destacada por Célia de Lima
  • Meio segundo...

    Quarta, 10 de Agosto de 2005

    De repente, Carolina Salcides foge às cadeias do tempo e constrói um momento eterno; condensando na pressa de um beijo todo o tempo do mundo. Você não vai levar meio segundo pra se apaixonar pelo poema...

    O que se faz em meio segundo?
    Um beijo de repente?
    Se o beijo é uma porta fora do tempo,
    Que ele me leve até ela...
    Destacada por Ederson Peka
  • Ensina-me

    Quinta, 04 de Agosto de 2005

    "Quando a ignorância é felicidade, é loucura querer ser sábio..."

    O poema de Juarez Florintino Dias Filho é a pergunta do amante inconformado: como seria possível lembrar de se esquecer de uma paixão que é sua própria memória? Como aprender a desaprender a amar? Alguém nos ensine...

    Ensina-me a não te querer...
    Como poderiam os teus olhos aos meus explicar
    Que no teu coração não há lugar para o meu?
    Destacada por Ederson Peka